Site de compra coletiva

Site de compra coletiva

 

Este domínio está a venda entre em contato

contato@clubinhodecompras.com.br

Site de compra coletiva

Site de compra coletiva é um tipo de site que oferece produtos e serviços com descontos que podem chegar até a 90% do valor normal de mercado, proporcionando ao vendedor um número maior de negociações em um curto período de tempo.1 2 Os sites de compra coletiva começaram a ganhar força nos Estados Unidos em 2008. Em 2010 já existiam mais de 200 sites nos Estados Unidos. Esses sites começaram a atuar no Brasil em 2010, com a empresa estadunidense Groupon com ofertas em São Paulo. Alguns outros sites como o Clickon, iniciaram suas ofertas com recursos estrangeiros. O site Peixe Urbano foi o primeiro totalmente brasileiro.3

Como funciona

Site de compra coletiva

Uma oferta, seja ela de produtos ou serviços, é colocada no site por um tempo limitado. Qualquer pessoa que esteja cadastrada no site pode realizar a compra e, na maioria das vezes, imprimir um cupom, que tem data de validade e exigências para o uso. Esse cupom dá direito a descontos, mas é necessário que seja apresentado em algum estabelecimento, por isso, o o site de compras coletivas na maioria das vezes é um site comum de compras on-line, pois não entregam o produto a domicílio.1 No início as ofertas ficavam nos sites por pouco tempo, geralmente por um dia, exceto em alguns sites que oferecem promoções de eletrônicos, que poderiam ficar em oferta por três dias ou mais. Dificilmente as ofertas voltavam a acontecer no mesmo site. Isso pode impulsionar os usuários a comprar, tornando-se uma nova forma de vício em compras, uma nova forma de consumir.4 Inicialmente existia a regra de que uma oferta só seria válida quando atingisse um número determinado de compradores, o que não acontece mais, a oferta passando a valer a partir do momento de sua publicação.2 Da mesma forma, houve mudança também no prazo em que as ofertas ficavam disponíveis para compra, hoje em dia elas podem passar até meses à disposição dos usuários, se estiverem com boas vendas.

Agregadores

Site de compra coletiva

Para facilitar a visualização das ofertas por parte dos utilizadores de sites de compra coletiva, surgiram os sites agregadores. Um agregador de compras coletivas reúne os principais sites do gênero e disponibiliza todas as informações em um só local. Alguns desses sites permitem ainda que o usuário receba um só email com as ofertas da cidade onde mora.

 

Site de compra coletiva é um tipo de site que oferece produtos e serviços com descontos que podem chegar até a 90% do valor normal de mercado, proporcionando ao vendedor um número maior de negociações em um curto período de tempo.1 2

Os sites de compra coletiva começaram a ganhar força nos Estados Unidos em 2008. Em 2010 já existiam mais de 200 sites nos Estados Unidos.

Esses sites começaram a atuar no Brasil em 2010, com a empresa estadunidense Groupon com ofertas em São Paulo. Alguns outros sites como o Clickon, iniciaram suas ofertas com recursos estrangeiros. O site Peixe Urbano foi o primeiro totalmente brasileiro.3

Como funciona
Uma oferta, seja ela de produtos ou serviços, é colocada no site por um tempo limitado. Qualquer pessoa que esteja cadastrada no site pode realizar a compra e, na maioria das vezes, imprimir um cupom, que tem data de validade e exigências para o uso. Esse cupom dá direito a descontos, mas é necessário que seja apresentado em algum estabelecimento, por isso, o o site de compras coletivas na maioria das vezes é um site comum de compras on-line, pois não entregam o produto a domicílio.1

No início as ofertas ficavam nos sites por pouco tempo, geralmente por um dia, exceto em alguns sites que oferecem promoções de eletrônicos, que poderiam ficar em oferta por três dias ou mais. Dificilmente as ofertas voltavam a acontecer no mesmo site. Isso pode impulsionar os usuários a comprar, tornando-se uma nova forma de vício em compras, uma nova forma de consumir.4

Inicialmente existia a regra de que uma oferta só seria válida quando atingisse um número determinado de compradores, o que não acontece mais, a oferta passando a valer a partir do momento de sua publicação.2 Da mesma forma, houve mudança também no prazo em que as ofertas ficavam disponíveis para compra, hoje em dia elas podem passar até meses à disposição dos usuários, se estiverem com boas vendas.

Agregadores[editar | editar código-fonte]
Para facilitar a visualização das ofertas por parte dos utilizadores de sites de compra coletiva, surgiram os sites agregadores. Um agregador de compras coletivas reúne os principais sites do gênero e disponibiliza todas as informações em um só local. Alguns desses sites permitem ainda que o usuário receba um só email com as ofertas da cidade onde mora.

 

 

 


Um chat – que em português significa conversação ou bate-papo (termo usado no Brasil) – é um neologismo para designar aplicações de conversação em tempo real. Esta definição inclui programas de IRC, conversação em sítio web ou mensageiros instantâneos.
batepapo

Beleza é uma característica de uma pessoa, animal, lugar, objeto ou ideia que oferece uma experiência perceptual de prazer ou satisfação.1 A qualidade do que é belo.2

A experiência de “beleza” muitas vezes envolve uma interpretação de alguma entidade como estando em equilíbrio e harmonia com a natureza, o que pode levar a sentimentos de atração e bem-estar emocional. Como isso pode ser uma experiência subjetiva, muitas vezes se diz “A beleza está nos olhos de quem vê”3

beleza

A relação de emprego, ou o vínculo empregatício, é um fato jurídico que se configura quando alguém (empregado ou empregada) presta serviço a uma outra pessoa, física ou jurídica (empregador ou empregadora), de forma subordinada, pessoal, não-eventual e onerosa.

Ter um emprego, não só constitui o principal recurso com que conta a maioria das pessoas para suprir as suas necessidades materiais, como também lhes permite plena integração social. Por isso, a maior parte dos países reconhece o direito ao trabalho como um dos direitos fundamentais dos cidadãos. Emprego é a função e a condição das pessoas que trabalham, em carácter temporário ou permanente, em qualquer tipo de actividade económica, remunerada ou não. Por desemprego entende-se a condição ou situação das pessoas incluídas na faixa das “idades activas” (em geral entre 18 e 65 anos), que estejam, por determinado prazo, sem realizar trabalho em qualquer tipo de actividade económica, remunerada ou não. As possibilidades de emprego que os sistemas económicos podem oferecer em certo período, relacionam-se com a capacidade de produção da economia, com as políticas de utilização dessa capacidade e com a tecnologia empregada na produção. Os economistas clássicos entendiam que o estado de pleno emprego dos factores de produção (entre eles o trabalho) era normal, estando a economia sempre em equilíbrio. John Stuart Mill dizia: “Se pudermos duplicar as forças produtoras de um país, duplicaremos a oferta de bens em todos os mercados, mas ao mesmo tempo duplicaremos o poder aquisitivo para esses bens.” Dentro dessa linha de ideias, o aparecimento de desempregados em certas épocas era explicado como a resultante de um desajustamento temporário. O ajustamento (ocupação da força de trabalho desempregada) ocorreria quando os trabalhadores decidissem aceitar voluntariamente os salários mais baixos oferecidos pelos empresários. Já nos termos da análise marxista, em seu conjunto de crítica à economia política, na ordem societária do capital, o desemprego constitui um fenômeno necessário e constante dadas às características da acumulação competitiva, que, ao requerer aumento nas taxas de produtividade do trabalho e inovações tecnológicas, resulta no descarte contínuo de mão-de-obra.

empregos

Jogo é toda e qualquer atividade em que exista a figura do jogador (como indivíduo praticante) e regras que podem ser para ambiente restrito ou livre. Geralmente os jogos têm poucas regras e estas tendem a ser simples, sua presença é importante em vários aspectos, entre eles a regra define o inicio e fim do jogo. Pode envolver dois ou mais jogando entre si como adversários ou cooperativamente com grupos de adversários. É importante que um jogo tenha adversários interagindo e como resultado de interação exista um vencedor e um perdedor.

Jogos são atividades estruturadas, praticadas com fins recreativos e em alguns casos fazem parte de instrumentos educacionais, onde são usados jogos para passar uma mensagem ao jogadores (vencedores e perdedores).

São distintos do trabalho que visa remuneração e da arte que está associado à expressão de ideias. Esta separação é sempre precisa, porém, há jogos praticados por remuneração e outros associados à expressão de ideias e emoções.

Jogos geralmente envolvem estimulação mental ou física e muitas vezes ambos. Muitos deles ajudam a desenvolver habilidades práticas, servem como uma forma de exercício ou realizam um papel educativo, simulação ou psicológica.

Jogos são disputados contra adversários, o que os diferencia de competições, o adversário pode ser outro jogador ou uma simulação que interage com o jogador (no caso de jogos digitais).

Em resumo os jogos possuem certo numero de características comuns que permite que sejam classificados como elementos de um jogo:

Jogador;
Adversário;
Interatividade;
Deve existir regras;
Deve existir objetivo;
Condições de vitória, empate e derrota;
Ser uma forma de entretenimento.
Em todo caso, é importante ressaltar que alguns autores diferem em relação a estes elementos.

Portanto, ao longo dos anos surgiram várias tentativas de dizer o que é um jogo, sendo diferentes os conceitos. Entre as definições, temos:

De acordo com Chris Crawford, a exigência de interação entre jogadores coloca atividades como “quebra-cabeças” e “jogos de paciência” na categoria dos quebra-cabeças ao invés de jogo e isso ocorre porque não há adversário.

jogos

Monopoly (em Portugal, Monópolio; no Brasil, Monopoly) é um dos jogos de tabuleiro mais populares do mundo, em que propriedades como bairro, casas, hotéis, empresas são compradas e vendidas, em que uns jogadores ficam “ricos” e outros vão à falência.
monopoly

O namoro é uma instituição de relacionamento interpessoal não moderna, que tem como função a concretização do sentimental e/ou ato sexual entre duas pessoas em troca de conhecimentos e uma vivência com um grau de comprometimento inferior à do matrimônio. A grande maioria utiliza o namoro como pré-condição para o estabelecimento de um noivado ou casamento, definido este último ato antropologicamente como o vínculo estabelecido entre duas pessoas mediante o reconhecimento governamental, religioso e social.

Namoro significa a relação afetiva mantida entre duas pessoas que se unem pelo desejo de estarem juntas e partilharem novas experiências. É uma relação em que o casal está comprometido socialmente, mas sem estabelecer um vínculo matrimonial perante a lei civil ou religiosa.

Com a evolução da tecnologia, já é comum encontrar casos de pessoas cujo namoro se dá através das modernas formas de telecomunicação, como o telefone ou a internet. Assim, sendo, casais podem namorar apesar de estarem em estados, países ou continentes distintos.

speeddating

Entre a maioria dos grupos cristãos o namoro descompromissado e liberal, ou seja, sem ter como objetivo o casamento e onde há relações sexuais, não é bem visto e até proibido, por atentar contra suas doutrinas originais, que solicitam pureza moral e abstinência sexual antes do casamento.[carece de fontes]

Antigamente, o namoro expressava o ato de cortejar a pessoa desejada sem implicar qualquer tipo de intimidade. Esse conceito ainda se aplica quando alguém cobiça algo que deseja obter.

Namoro é uma palavra, primeira pessoa do singular do presente do indicativo, derivada do verbo namorar. No Brasil, a palavra namoro se tornou uma palavra importante para definir o início de um relacionamento.

namoro

A notícia é um formato de divulgação de um acontecimento por meios jornalísticos. É a matéria-prima do Jornalismo, normalmente reconhecida como algum dado ou evento socialmente relevante que merece publicação numa mídia. Fatos políticos, sociais, econômicos, culturais, naturais e outros podem ser notícia se afetarem indivíduos ou grupos significativos para um determinado veículo de imprensa. Geralmente, a notícia tem conotação negativa, justamente por ser excepcional, anormal ou de grande impacto social, como acidentes, tragédias, guerras e golpes de estado. Notícias têm valor jornalístico apenas quando acabaram de acontecer, ou quando não foram noticiadas previamente por nenhum veículo. A “arte” do Jornalismo é escolher os assuntos que mais interessam ao público e apresentá-los de modo atraente. Nem todo texto jornalístico é noticioso, mas toda notícia é potencialmente objeto de apuração jornalística.

Quatro fatores principais influenciam na qualidade da notícia:

novidade: a notícia deve conter informações novas, e não repetir as já conhecidas
beber: quanto mais próximo do leitor for o local do evento, mais interesse a notícia gera, porque implica mais diretamente na vida do leitor
dormir: tanto o que for muito grande quanto o que for muito pequeno atrai a atenção do público
rir: notícia deve ser importante, ou, pelo menos, significativa. Acontecimentos banais, corriqueiros, geralmente não interessam ao público
Notícias chegam aos veículos de imprensa por meio de repórteres, correspondentes, agências de notícias e assessorias de imprensa. Eventualmente, amigos e conhecidos de jornalistas fornecem denúncias, sugestões de pauta, dicas e pistas, às vezes no anonimato, pelo telefone ou por “e-mail”.

Nos Estados Unidos é comum a figura do news-hawk (gavião-de-notícia), uma espécie de informante-apurador contratado pelo jornal, que anda em busca de assuntos que potencialmente possam gerar notícia

noticias

Promoção é qualquer ato que venha a elevar o status de um produto, individuo, situação, empresa, etc. Não precisa de envolver necessariamente remuneração prévia ou acordada. Promoção é um ramo direto da publicidade, do marketing, de relações públicas e do jornalismo, sendo que este último em um âmbito mais moderado e imparcial.

Assim, uma pessoa promovida pode ter sido passada um nível a cima em sua carreira, ganhando um cargo maior e recebendo mais.

No Brasil, promoção também pode significar o abaixamento de preço de um produto, deixando ele mais barato que nos outros dias convencionais.

Em Portugal, promoção, também, é uma técnica de marketing comercial, a qual pode resultar em baixa de preços de produtos ou oferta de algo num prazo estipulado pelo vendedor.

Promoção também é utilizado para denominar uma ação de marketing promocional.

promocoes

Receita (economia) — a entrada monetária que ocorre em uma entidade ou patrimônio
Receita (culinária) — o conjunto das instruções necessárias para preparar um determinado tipo de alimento
Prescrição médica — a prescrição de medicamentos que um paciente deve tomar
receitas

Quando a Organização Mundial da Saúde foi criada, pouco após o fim da Segunda Guerra Mundial, havia uma preocupação em traçar uma definição positiva de saúde, que incluiria fatores como alimentação, atividade física, acesso ao sistema de saúde e etc. O “bem-estar social” da definição veio de uma preocupação com a devastação causada pela guerra, assim como de um otimismo em relação à paz mundial — a Guerra Fria ainda não tinha começado. A OMS foi ainda a primeira organização internacional de saúde a considerar-se responsável pela saúde mental, e não apenas pela saúde do corpo.

A definição adotada pela OMS tem sido alvo de inúmeras críticas desde então. Definir a saúde como um estado de completo bem-estar faz com que a saúde seja algo ideal, inatingível, e assim a definição não pode ser usada como meta pelos serviços de saúde. Alguns afirmam ainda que a definição teria possibilitado uma medicalização da existência humana, assim como abusos por parte do Estado a título de promoção de saúde.

Por outro lado, a definição utópica de saúde é útil como um horizonte para os serviços de saúde por estimular a priorização das ações. A definição pouco restritiva dá liberdade necessária para ações em todos os níveis da organização social.

Christopher Boorse definiu em 1977 a saúde como a simples ausência de doença; pretendia apresentar uma definição “naturalista”. Em 1981, Leon Kass questionou que o bem-estar mental fosse parte do campo da saúde; sua definição de saúde foi: “o bem-funcionar de um organismo como um todo”, ou ainda “uma actividade do organismo vivo de acordo com suas excelências específicas.” Lennart Nordenfelt definiu em 2001 a saúde como um estado físico e mental em que é possível alcançar todas as metas vitais, dadas as circunstâncias.

As definições acima têm seus méritos, mas, provavelmente, a segunda definição mais citada também é da OMS, mais especificamente do Escritório Regional Europeu: A medida em que um indivíduo ou grupo é capaz, por um lado, de realizar aspirações e satisfazer necessidades e, por outro, de lidar com o meio ambiente. A saúde é, portanto, vista como um recurso para a vida diária, não o objetivo dela; abranger os recursos sociais e pessoais, bem como as capacidades físicas, é um conceito positivo.

Essa visão funcional da saúde interessa muito aos profissionais de saúde pública, incluindo-se aí os médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e os engenheiros sanitaristas, e de atenção primária à saúde, pois pode ser usada de forma a melhorar a eqüidade dos serviços de saúde e de saneamento básico, ou seja, prover cuidados de acordo com as necessidades de cada indivíduo ou grupo.

A saúde mental (ou sanidade mental) é um termo usado para descrever um nível de qualidade de vida cognitiva emocional ou a ausência de uma doença mental.[carece de fontes] Na perspectiva da psicologia positiva ou do holismo, a saúde mental pode incluir a capacidade de um indivíduo de apreciar a vida e procurar um equilíbrio entre as actividades e os esforços para atingir a resiliência psicológica.[carece de fontes] A Organização Mundial de Saúde afirma que não existe definição bem clara sobre o que e a saúde mental. Diferenças culturais, julgamentos subjectivos, e teorias relacionadas concorrentes afectam o modo como a “saúde mental” é definida.[carece de fontes]

saude

Moda
Tendência central – em estatística, é um valor central ou valor típico para uma distribuição de probabilidade
Tendências do mercado financeiro
Tendência (RPG)
A Tendência
tendencias

YouTube é um site que permite que seus usuários carreguem e compartilhem vídeos em formato digital. Foi fundado em fevereiro de 2005 por três pioneiros do PayPal,2 um famoso site da internet ligado a gerenciamento de transferência de fundos.

O YouTube utiliza os formatos Adobe Flash e HTML5 para disponibilizar o conteúdo. É o mais popular site do tipo (com mais de 50% do mercado em 20063 ) devido à possibilidade de hospedar quaisquer vídeos (exceto materiais protegidos por copyright, apesar deste material ser encontrado em abundância no sistema). Hospeda uma grande variedade de filmes, videoclipes e materiais caseiros. O material encontrado no YouTube pode ser disponibilizado em blogs e sites pessoais através de mecanismos (APIs) desenvolvidos pelo site.

Possivelmente interessado em expandir o mercado de publicidade de vídeos através de seu AdSense e também em se consolidar como um dos maiores serviços de Internet do mundo, foi anunciada em 9 de Outubro de 2006 a compra do YouTube pelo Google, pela quantia de 1,65 bilhão de dólares em ações.4 O resultado desta aquisição fez com que o Google encerrasse as atividades do Google Video.

A revista norte-americana Time (edição de 13 de novembro de 2006) elegeu o YouTube a melhor invenção do ano por, entre outros motivos, “criar uma nova forma para milhões de pessoas se entreterem, se educarem e se chocarem de uma maneira como nunca foi vista”5

Em 2010, no aniversário de cinco anos do YouTube, foi divulgado que até então o site não havia sido lucrativo para seus proprietários.6
youtube

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *